Resumo 5#-Didascalicon – A Arte de Ler-Parte 5-Final(Livro VI)

 

[Capítulo 1-Como as escrituras sagradas devem ser lidas para os que desejam nela o conhecimento]

Fala sobre a ordem e o modo que devem ser lidas as Sagradas Escrituras.

[Capítulo 2-Sobre a ordem presente nas disciplinas]

O estudo da ordem nas disciplinas considerando a história,alegoria e a tropologia.

[Capítulo 3-Sobre a História]

Para entender a doutrina é necessário apreender a história, para conhecer a verdade dos fatos.

O autor nos fala da importância de não desprezar nada de pertinente a instrução, quais os livros da sagrada escritura devemos ler no antigo e no novo testamento e ainda quais textos devem ser lidos de maneira literal ou não.

[Capítulo 4-Sobre a alegoria ]

A investigação sobre a alegoria é para as mentes maduras ,porém para os ignorantes as muitas figuras da sagrada escritura a desprezam,por apenas compreender estas de maneira superficial.

[Capítulo 5-Sobre a Tropologia(Moralidade) ]

A tropologia trata mais do significado das coisas que das palavras.Destes Conceitos saem a justiça natural e os costumes,de onde nascem a justiça positiva.

[Capítulo 6-Sobre as ordens dos livros ]

Os livros históricos devem der lidos conforme a ordem do tempo,enquanto os livros alegóricos seguem a ordem do conhecimento.

O antigo e o novo testamento apresentam a mesma verdade:No antigo esta verdade aparece de modo oculto,como verdade prometida.No segundo essa verdade aparece de modo claro e realizada.

[Capítulo 7-Sobre as ordens dos livros ]

É importante estudar a ordem da narração, pois o texto sagrado nem sempre apresenta os fatos de uma forma contínua e natural de narrar. Como exemplo quando os fatos posteriores são relatados antes dos anteriores.

[Capítulo 8-Sobre a ordem da exposição ]

A exposição é composta por três elementos:Letra,sentido e sentença. Toda narrativa deve ser composta de letra e ao menos mais um elemento.

A narração, por exemplo, pode ser composta de letra e sentido, letra e sentença ou pode conter os três elementos.

[Capítulo 9-Sobre a letra]

A letra (texto)pode ser Perfeita,não precisando de acréscimo para ser entendida, pode deixa algo de subentendido ou ainda pode ser um acréscimo supérfluo .

[Capítulo 10-Sobre o sentido da letra]

O sentido da letra pode ser coerente ou incoerente.O sentido incoerente divide-se em impossível,absurdo e falso.

[Capítulo 11-Sobre a sentença]

A sentença divina nunca é absurda, porém a interpretação humana é falha e acaba por gerar sentidos contrários.

[Capítulo 12-Sobre o modo de ler]

O modo de ler consiste na divisão que se dá pela repartição(utilizada para distinguir conceitos confusos) e pela investigação(utilizada para expor conceitos já conhecidos).

[Capítulo 13-Sobre a meditação omitida nessa obra]

Dada a importância do tema o autor prefere se omitir ao escrever algumas poucas linhas sobre a meditação,preferindo deixar o assunto para outra ocasião.

Anúncios

Resumo 5#-Didascalicon – A Arte de Ler-Parte 4(Livro V)

 

[Capítulo 1-Sobre algumas propriedades da sagrada escritura e o modo correto de Lê-la]

Fala sobre o conhecimento dos princípios básicos sobre a sagrada escritura, necessários  para prosseguir, com o estudo do tema.

 

[Capítulo 2-Sobre o entendimento tríplice]

A escritura sagrada pode ser conhecida de 3 modos:Histórica,alegórica e antropológica.

 

[Capítulo 3-As coisas também têm significado nas sagradas escrituras ]

No discurso divino não apenas as palavras,mas também as coisas possuem significado.

O significado das coisas instituído pela natureza,sendo produzida pela voz de Deus e portanto são superiores em excelência do que as palavras,produzidas pela voz do homem.

 

[Capítulo 4-Sobre as sete regras]

São sete as principais regras de locução das sagradas escrituras.

1ª regra:Sobre Nosso senhor e seu corpo e a relação entre seu corpo e a cabeça.

2ª regra: Sobre o corpo verdadeiro e misto do senhor:uma sentença parece ser conveniente a apenas uma só pessoa,e no então não são atributos apenas de uma.

3ª regra:Sobre a letra e o espírito:A lei das escrituras não é somente histórica,mas espiritual.

4ª regra:Sobre espécie e gênero:quando na sagrada escritura a parte é tida pelo todo e o todo pela parte.

5ª regra:Sobre os tempos:nem sempre os tempos na sagrada escritura são exatos.Como por exemplo temos Sl 21,17 que afirma algo profético sobre a paixão de nosso senhor como já tendo ocorrido.

6ª regra:Recapitulação:Quando a sagrada escritura reafirma um fato cuja narração já passou.

7ª regra:Sobre o diabo e seu corpo.Relação análoga a Cristo e seu corpo.Ex:um homem inimigo fez isso.

 

[Capítulo 5-O que impede o estudo]

A necessidade de saber como  não devemos agir para sabermos mais facilmente o modo de agir.

O autor nos coloca um problema:’’por que dois estudantes, com igual afinco e engenho,dedicando-se a um mesmo problema,mais não alcançando um resultado semelhante.’’

Para a qual ele apresenta a seguinte solução:A diferença entre os dois estudantes esta que o que obteve êxito atua de maneira mais metódica.

As três coisas que obstam os estudos dos homens:a negligencia a imprudência e a fortuna.

[Capítulo 6-Sobre os frutos da leitura divina]

São dois os frutos da leitura divina:a correção dos costumes e o conhecimento.

[Capítulo 7-Como as escrituras devem ser lidas para a correção dos costumes]

Quem procura nas sagradas escrituras o conhecimento das virtudes e a correção dos costumes deve procurar naqueles livros que persuadem a desprezar o mundano e elevar a alma para Deus.

O conhecimento para a correção dos costumes se dá de dois modos :Pelo exemplo e pela doutrina.

[Capítulo 8-A leitura é dos principiantes,a obra,dos perfeitos]

É necessário aos que se dediquem ao estudo das virtudes não se omitam a leituras,e quem se dedica ao estudo da leitura não deve descuidar da virtude.

 

[Capítulo 9-Sobre os quatro graus]

Os quatro graus(ou ‘’degraus’’ que a vida do justo se apoia para chegar a perfeição da vida futura.são a  leitura,meditação ,oração operação e contemplação.

 

[Capítulo 10-Sobre os três gêneros de leitores]

São três os gêneros de leitores:

-Aqueles que desejam o conhecimento das escrituras para obter vantagens como honra ou dinheiro.

-Aqueles que se interessam na palavra de Deus por ser maravilhosa,tomando as passagens da sagrada escritura por fábulas.

-Aqueles de a desejam conhecer para defender a fé.