Resumo 6#-História Sagrada-São João Bosco-Parte 3(Quarta Época)

34648decc0e3167dff0f57a2be363e3c

 

[QUARTA  ÉPOCA- Da  saída  do  povo  hebreu  do  Egito,  ano  1448  a.  C., até  à  fundação  do  Templo  de  Salomão,  ano  968  a.  C. (compreende  480  anos)]

 

[Capítulo  1]

O povo hebreu então deixa o Egito após 315 anos da ida de Jacó para o Egito.Eram mais de seiscentos mil homens,além de muitas mulheres,crianças e idosos.Uma nuvem os precedia mostrando o caminho para o mar vermelho.

O faraó ,Arrependido de ter deixado os hebreus partirem,sai  ao seu encalço com numerosos  exércitos e os encurrala no meio da noite.

O povo de Israel encontrava-se entre o mar vermelho e o exercito. Moisés confia no senhor  e então a coluna de nuvens ficou entre eles,fulgurando com esplendor e espessas trevas,impedindo que o inimigo se aproximasse.

 

Deus ordena que Moisés bata com o seu cajado no mar vermelho e as águas se separam ,formando como que duas muralhas de água,permitindo a travessia do povo.Porém quando o exército começou a atravessar Moisés bate novamente com o seu cajado,fazendo com que as águas caiam.O exército então perece entre as águas .

Moisés então compõe um célebre cântico para render graças pelos grandes prodígios que Deus operou.

Os Hebreus deixam o mar vermelho e se dirigem para o deserto da Arábia,onde andaram por 40 anos antes de chegar a terra prometida.

No deserto,Deus realizou grandes prodígios.

Certa vez o povo murmurou contra Moisés pois não havia água potável para beber e a que havia no local era amarga.Deus mostra um pedaço de pau que quando colocado na água a torna doce e potável.

Faltando comida o senhor lhes diz:’’Eu farei descer do céu vosso alimento’’.Era o maná,que era como que uma pasta branca.Durava apenas um dia e  depois disso estragava,com exceção do sábado quando ele se conservava.

 

Ouve certa vez uma batalha contra os Amalecitas.Moisés ordenou que Josué fosse a frente de batalha,enquanto ele acompanhado por Arão e Ur subiram a montanha para implorar a ajuda de Deus.Quando os braços de Moisés permaneciam levantados os Hebreus venciam,e quando vencido pelo cansaço ele abaixava os braços  os Amalecitas venciam.Por fim os Amalecitas foram vencidos.

 

[Capítulo  2]

Os hebreus chegaram ao cume do monte Sinai.Deus dá a ordem para que Moisés reunisse o povo dentro de três dias ao pé do monte afim de ouvir os preceitos que ele enviaria.Moisés sobe até o monte,enquanto o povo se prepara com jejuns e ritos para essa solenidade,chamada de pentecostes pois aconteceu no quinquagémo  dia após a saída do Egito.

Na manhã do terceiro dia uma nuvem densa cobre a montanha. Deus fala assim a Moisés:

“Eu sou o Senhor teu Deus, que te fez sair do Egito, da casa da servidão.Não terás outros deuses diante de minha face.Não farás para ti escultura, nem figura alguma do que está em cima, nos céus, ou embaixo, sobre a terra, ou nas águas, debaixo da terra.Não te prostrarás diante delas e não lhes prestarás culto. Eu sou o Senhor, teu Deus, um Deus zeloso que vingo a iniqüidade dos pais nos filhos, nos netos e nos bisnetos daqueles que me odeiam,mas uso de misericórdia até a milésima geração com aqueles que me amam e guardam os meus mandamentos.“Não pronunciarás o nome de Javé, teu Deus, em prova de falsidade, porque o Senhor não deixa impune aquele que pronuncia o seu nome em favor do erro.Lembra-te de santificar o dia de sábado. Trabalharás durante seis dias, e farás toda a tua obra. Mas no sétimo dia, que é um repouso em honra do Senhor, teu Deus, não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem teu servo, nem tua serva, nem teu animal, nem o estrangeiro que está dentro de teus muros.Porque em seis dias o Senhor fez o céu, a terra, o mar e tudo o que contêm, e repousou no sétimo dia; e por isso. o Senhor abençoou o dia de sábado e o consagrou.Honra teu pai e tua mãe, para que teus dias se prolonguem sobre a terra que te dá o Senhor, teu Deus.Não matarás.Não cometerás adultério.Não furtarás. Não levantarás falso testemunho contra teu próximo.Não cobiçarás a casa do teu próximo; não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem seu escravo, nem sua escrava, nem seu boi, nem seu jumento, nem nada do que lhe pertence.”1

 

Moisés permaneceu no monte por mais 40 dias.A demora dele causou aborrecimento ao povo,então alguns dos filhos de Israel dirigiram-se a Aarão dizendo: “Vamos: faze-nos um deus que marche à nossa frente, porque esse Moisés, que nos tirou do Egito, não sabemos o que é feito dele.’’2 Aarão então mandou que lhe trouxessem os brincos de ouro das mulheres,o fundiu e fez um bezerro de Ouro,que o povo adorou com sacrifícios e festas.Deus vendo o que se passava com o povo manda que Moisés desça,pois o povo havia pecado.Ao ver a abominação que acontecia,ele quebra o bezerro de Ouro usando a placa de pedra em que ele havia gravado os mandamentos para Destruir o ídolo.Moisés repreende Aarão,reuniu os levitas que eram fiel ao Senhor e estes fizeram guerra aos que permaneciam na idolatria.
Deus chama novamente Moisés ao monte e ordena que mande fazer um tabernáculo.Ele então pede a contribuição do povo que espontaneamente faz doações em metais preciosos,joias e vestimentas.Fabricou-se então o tabernáculo com  a arca da aliança (que guardava as novas da lei) e todos os outros utensílios necessários ao culto divino(vasos sagrados,candelabro ,mesa,etc.).

O tabernáculo era o centro do culto ao Deus verdadeiro. O povo ali se reunia nas festas e sacrifícios e também para ouvir as ordens de Moisés.

Os sacrifícios oferecidos a Deus poderia sem cruentos,que é a imolação de animais com bois e ovelhas ou incruentos como bolos,vinho e pão.

As principais festas do povo hebreu eram a páscoa ,o pentecostes,a festa dos tabernáculos e  a da expiação.

OS Ministro do culto divino eram o sumo sacerdote (Aarão),Os simples sacerdotes (Filhos e descendentes de Aarão,responsáveis pelos sacrifícios ordinários) e os levitas (Descendentes da tribo de Levi,exerciam função de  culto de ordem inferior.)

 

Eis que após três anos no deserto,o povo começou a murmurar por só haver o maná como alimento,relembrando a variedade de alimentos que havia no Egito.Deus ficou indignado com a ingratidão,ceifou a vida de um grande parte dos exércitos,enviando-lhes um fogo devorador.

Porém,pela intercessão de Moisés,cessou-se o flagelo.

Deus fez aparecer codornizes,pois o povo ainda se queixava da falta de carne,porém castigou os murmuradores com a morte.

 

Deus manda que Moisés mande exploradores para avaliar as condições do pais a eles prometido.Ele então envia  Josué e Caleb,além de outros 10 exploradores.Ao retornar Josué e Caleb trouxeram produtos da região para mostra como a terra era fértil,disse ao povo que haviam lá homens fortes e guerreiros.Os outros exploradores porém espalharam mentiras ,dizendo que a terra era inóspita e habitada por gigantes,o que fez o povo querer um novo chefe que os conduzisse ao Egito.Deus pune os 10 exploradores e de morte por essa transgressão.

 

Coré,datã  e Abiron  e outros 250 revoltosos  conspiraram contra  Aarão e Moises.Eles pretendiam oferecer incenso a Deus o que só cabia aos Sacerdotes.Por essa rebeldia o Senhor os pune,fazendo com que a terra abrisse e os engolisse vivos.

Deus  ordenou a Moisés: ‘’Fala aos israelitas. Que eles te dêem uma vara por tribo, ou seja, doze varas de todos os príncipes das doze casas patriarcais. Escreverás o nome de cada um na sua vara; 18.na vara de Levi escreverás o nome de Aarão, porque haverá uma vara por tribo. 19.Depô-las-ás na tenda de reunião, diante do testemunho, no lugar onde me encontro convosco. 20.E eis que a vara de meu eleito florescerá, e desse modo farei cessar diante de mim as murmurações dos filhos de Israel contra vós.”3

A vara que floresceu foi a de Aarão.Deus mostra com isso que o sacerdócio cabe somente a ele e seus descendentes.

Passado um tempo,novamente os Hebreus revoltaram-se contra Moises por lhes ter tirado do Egito.Deus então envia serpentes venenosas como castigo.Como o povo se arrependera ele ordenou que se fizesse uma serpente de bronze e que esta fosse colocada em local elevado,e todos aqueles olhassem para ela ficariam curados.

Moisés não pode entrar na terra prometida por causa de uma pequena desconfiança que havia tido de Deus.Quando o povo estava próximo de entrar da lugar que lhes fora prometida,Moisés reúne o povo em torno do tabernáculo e exorta a eles a serem fieis e não transgredirem a lei do Senhor.Ele também estabelece Josué como seu sucessor por ordem de Deus.Moisés morre aos 120 anos no monte nebo.

 

[Capítulo  3]

Após 30 dias de grande Luto,Josué devia conduzir o seu povo pelo rio Jordão.Não haviam embarcações e o rio era demasiado fundo para atravessa-lo a pé.Confiando na providencia  de Deus ,ele manda que os sacerdotes fossem a frente do povo levando a arca da aliança.Eis que o leito do rio ficou seco e o povo pôde passar em segurança.Erigiu-se um monumento para que as gerações lembrassem do ocorrido.

O país onde eles adentraram era um lugar abundante de onde ‘’corriam rios de leite e mel’’.

Deus entrega Jericó nas mãos do povo de Deus,ele diz a Josué: “Vê, entreguei-te Jericó, seu rei e seus valentes guerreiros. 3.Dai volta à cidade, vós todos, homens de guerra; contornai toda a cidade uma vez. Assim farás durante seis dias. 4.Sete sacerdotes, tocando sete trombetas, irão adiante da arca. No sétimo dia dareis sete vezes volta à cidade, tocando os sacerdotes a trombeta. 5.Quando o som da trombeta for mais forte e ouvirdes a sua voz, todo o povo soltará um grande clamor e a muralha da cidade desabará. Então o povo tomará (de assalto) a cidade, cada um no lugar que lhe ficar defronte.”4 

Toda a cidade foi saqueada,somente uma mulher chamada Raab foi salva com sua família.

 

Josué reparte a terra em 12 tribos,após muitos anos de serviço ele termina sua vida com 110 anos de idade.

 

[Capítulo  4]

Após a morte de Josué ouve um período de 400 anos onde os Israelitas ficaram sob o governo dos juízes.Durante todo esse período houve momentos onde o abandonava Deus e caia na idolatria e por este motivo era castigado, e outros momentos onde estes retornavam a Deus que por sua misericórdia os libertava.

Eis que certa vez o povo caiu na escravidão do rei dos Cananeus ,o que foram poupados pelo intermédio de uma justa mulher chama Débora.

Novamente o  povo é infiel com Deus,que permite que o povo seja oprimido pelos Madianitas.Desta opressão livra-lhes Gedeão ,que com um pequeno exercício vence mais de trinta mil homens.

Abimeleque sucedeu Gedeão.Oprimiu tremendamente o povo por três anos e terminou sua vida sendo jogado de uma torre por uma mulher.

Este juiz iníquo foi substituído por Tola,Jair e por fim a Jefté,que guerreou contra os amonitas.

 

1)http://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/exodo/20/

2)http://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/exodo/32/

3)http://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/numeros/17/

4)http://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/josue/6/

 

 

[Capítulo  5]

Deus suscita Sansão para livras os israelitas da opressão dos filisteus,após grandes vitorias este é reconhecido como juiz.

Em muitas ocasiões os Filisteus tentaram acabar com a vida de Sansão ,porém enquanto este permanecia fiel a Deus nenhum mal lhe ocorria.Quanto ele se mostrou infiel foi traído por uma mulher chamada Dalila que entregou ele nas mãos dos inimigos.

Jogado na prisão,ele clamou a Deus que lhe restituísse as forças.um certo dia ele foi conduzido ao templo de dagon pelos filisteus.Lá ele arrancou uma das colunas do templo,fazendo com que o lugar desabasse,matando todos os que lá se encontravam.

 

[Capítulo  6]

Após a morte de Sansão ,Helí tomou o posto como Juiz e sumo-sacerdote.Ele tinha dois filhos chamados Hofni e Finéias,que causaram grandes descontentamentos ao pai pois insultavam e roubavam a as ofertas do fieis no templo.

Samuel foi escolhido por Deus para suceder Helí.Ele desde peque foi consagrado ao serviço  do altar.

Ocorreu que,em várias noites seguidas Samuel teve um sonho que alguém chamava por seu nome.No ultimo deles se prova de fato,uma revelação de Deus: “Eis que vou fazer uma tal coisa em Israel, que a todo o que a ouvir ficar-lhe-ão retinindo os ouvidos. 12.Naquele dia cumprirei contra Heli todas as ameaças que pronunciei contra a sua casa. Começarei e irei até o fim. 13.Anunciei-lhe que eu condenaria para sempre a sua família, por causa dos crimes que ele sabia que os seus filhos cometiam, e não os corrigiu. 14.Por isso jurei à casa de Heli que a sua culpa jamais seria expiada, nem com sacrifícios nem com oblações.” 

Interrogado pelo sacerdote Helí ,Samuel conta o sonho.

Eis que a desgraça cai sobre Israel:Os Filisteus atacam duramente uma batalha e ceifam a vida de mais de trinta mil homens ,entre eles os filhos de Helí.Além disso,levaram a dá aliança em seu poder.

Os filisteus mantém a arca da aliança no templo de Dagon.Deus então faz com que a imagem caia como me prostrada diante dela.Ainda flagela este povo com doenças e pestes aonde fosse levada a arca.Então,para não perecerem,decidem devolver a arca.

Após a morte de Helí,Samuel desempenho o cargo de Juiz.Quando estava já perto da morte o povo pediu-lhe que escolhesse um sucessor,Este foi Saul.

Saul foi rei dos israelitas,enquanto permaneceu fiel a Deus teve vitórias e êxitos.Porém, quando desobedeceu o Senhor ,chegando até a querer oferecer por si mesmo sacrifícios,Deus lhe comunica por meio de Samuel que lhe tirará o reino e o dará a alguém mais fiel.

 

[Capítulo  7]

Daví era um jovem dedicado ao pastoreio e possuía uma família com sete irmãos.Deus ordena a Samuel que o encontre e secretamente e o sagre como Rei.Ele foi levado a corte do rei Saul,e como tocava a harpa,agradava ao rei com a sua musica.

Certa vez durante uma batalha contra os Filisteus,Apareceu um gigante chamado Golias procurando alguém para desafiar,e ele por ordem do rei aceita lutar.Daví  derrota Golías e ao invés de ganhar o apoio do rei,ao contrário só recebe perseguições atrás de perseguições.

Saul  teve uma morte trágica durante uma batalha:Ao perceber que o exércitos dos filisteus estavam prestes a ganhar  a batalha,este se joga sobre a própria lança afim de não morrer na mão dos inimigos.

[Capítulo  8]

Daví ficou de luto pela morte de Saul.Em seguida o povo o aclama como Rei.O rei Davi inicia seu reinado mandando construir um pavilhão enorme no monte Sião digno para receber a Arca da aliança,houve uma grande solenidade da qual o povo tomou parte.

O rei venceu muitas batalhas contra  os Filisteus,Moabitas,Idumeus e Sírios.

Durante um tempo de ociosidade,Davi caiu em grandes pecados,porém alertado pelo profeta Natan,procurou fazer penitencia e se emendar.

Um dos filhos de Davi,chamado Absalao revoltou-se contra o pai ,assinando o irmão e querendo proclamar-se rei.Por fim, Deus os faz cair em desgraça.

Certa vez David quis saber quantos súditos havia por soberba curiosidade.Deus,por meio de um profeta manda que o rei escolha entre dois castigos: sete anos de  carestia,  seis  meses  de  guerra  desastrosa,  ou  três  dias de  peste. A opção escolhida foi a peste,que ceifou muitas vidas,e só foi abreviada pelas orações arrependidas de Davi.

 

Davi morreu santamente aos 70 anos de idade,deixando tudo preparado para o seu filho Salomão governar e realizar a empreitada que ele não pôde:Construir um templo para o senhor.

 

 

 

1)http://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/i-samuel/3/