Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 14)

 

 

DO QUE É COMUM A DIFERENÇA E AO ACIDENTE

Tanto as diferenças, quanto o acidente, são ditos de muitos e de modo comum aos acidentes inseparáveis, estando sempre presentes e em todos.

Ex: O bípede está sempre ao homem,e a negritude a todos os corvos.

DA DIFERENÇA ENTRE DIFERENÇA E ACIDENTE

  1. A diferença compreende mas não é compreendida pelas espécies,mas os acidentes compreendem,visto que estão em muitos,e alem disso são compreendidos,dado que seus sujeitos podem receber diversos acidentes.
  2. As diferenças não admitem intenção e remissão,enquanto os acidentes aceitam o mais e o menos.
  3. Os acidentes contrários podem as vezes ser misturados,as diferenças contrárias não podem nunca serem misturadas.

 

Bibliografia

[1]  PAIVA, G. B. V. de . Tradução do texto grego de: PORPHYRIUS, Isagoge. Ed. Busse, 1887

[2] ARISTOTLE, & PACE, G. (1967). Aristotlelous Organon = Aristotelis Stagiritae peripateticorum principis organum : hoc est, libri omnes ad Logicam pertinentes, Graece et Latine. Frankfurt/Main, Minerva

[3] Authors/Porphyry/isagoge/parallel

http://www.logicmuseum.com/wiki/Authors/Porphyry/isagoge/parallel

Online, 19/01/2019 às 15:46

[4] Authors/Porphyry/isagoge/

http://www.logicmuseum.com/wiki/Authors/Porphyry/isagoge

Online, 29/01/2019 às 15:49 


POSTS RELACIONADOS 

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 1)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 2)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 3)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 4)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 5)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 6)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 7)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 8)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 9)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 10)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 11)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 12)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 13)

Anúncios

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 13)

 

DO QUE É COMUM A DIFERENÇA E AO PRÓPRIO

 

A diferença e o próprio tem em comum o fato de serem partilhadas ou participadas igualmente pelos seus participantes.

Ex: Os racionais são todos igualmente racionais,e os capazes de rir,igualmente capazes de rir.

 

DA DIFERENÇA ENTRE DIFERENÇA E PRÓPRIO

 

1.A diferença é frequentemente predicada de várias espécies, mas o próprio é predicado somente da espécie da qual é próprio.

2. As diferenças seguem as coisas das quais é diferença de um modo não recíproco.Já os próprios,se predicam reciprocamente.

 

Bibliografia

[1]  PAIVA, G. B. V. de . Tradução do texto grego de: PORPHYRIUS, Isagoge. Ed. Busse, 1887

[2] ARISTOTLE, & PACE, G. (1967). Aristotlelous Organon = Aristotelis Stagiritae peripateticorum principis organum : hoc est, libri omnes ad Logicam pertinentes, Graece et Latine. Frankfurt/Main, Minerva

[3] Authors/Porphyry/isagoge/parallel

http://www.logicmuseum.com/wiki/Authors/Porphyry/isagoge/parallel

Online, 19/01/2019 às 15:46

[4] Authors/Porphyry/isagoge/

http://www.logicmuseum.com/wiki/Authors/Porphyry/isagoge

Online, 29/01/2019 às 15:49 


POSTS RELACIONADOS 

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 1)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 2)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 3)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 4)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 5)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 6)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 7)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 8)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 9)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 10)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 11)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 12)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 12)

 

 

DO QUE É COMUM A DIFERENÇA E A ESPÉCIE

  1.A diferença e a espécie são igualmente participadas.

Ex: O homem racional participa de homem (espécie ) e de racional (diferença).

 2. Tanto a diferença,quanto a espécie estão sempre presentes nos seus participantes.

 Ex: Sócrates é sempre homem e sempre racional.

DA DIFERENÇA ENTRE DIFERENÇA E ESPÉCIE

 1. A diferença se predica do como é,enquanto a espécie se predica naquilo que algo é.

2. A diferença pode estar presente em várias espécies,enquanto a espécie está presente somente nos indivíduos sob si.

3. A diferença é anterior as espécies.

 Ex: Suprimindo o racional, suprime-se o homem, sendo suprimido o homem,não se suprime o racional,já que há Deus.

4. A diferença se une a outras diferenças,enquanto a espécie não se une a outras espécies de um modo que produza novas espécies.

Ex:O racional e o mortal se unem no homem.Quanto a espécie,é possível que um cavalo individual se uma a um asno individual,gerando assim uma mula.Mas não decorre daí que a espécie cavalo se uma com a espécie asno para produzir a espécie mula.

Bibliografia

[1]  PAIVA, G. B. V. de . Tradução do texto grego de: PORPHYRIUS, Isagoge. Ed. Busse, 1887

[2] ARISTOTLE, & PACE, G. (1967). Aristotlelous Organon = Aristotelis Stagiritae peripateticorum principis organum : hoc est, libri omnes ad Logicam pertinentes, Graece et Latine. Frankfurt/Main, Minerva

[3] Authors/Porphyry/isagoge/parallel

http://www.logicmuseum.com/wiki/Authors/Porphyry/isagoge/parallel

Online, 19/01/2019 às 15:46

[4] Authors/Porphyry/isagoge/

http://www.logicmuseum.com/wiki/Authors/Porphyry/isagoge

Online, 29/01/2019 às 15:49 


POSTS RELACIONADOS 

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 1)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 2)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 3)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 4)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 5)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 6)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 7)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 8)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 9)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 10)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 11)