Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 11)

 

 

 

 

DO QUE É COMUM AO GÊNERO E AO ACIDENTE

Tanto  o gênero,quanto o acidente são ditos conforme muitos,quer sejam acidentes separáveis ou inseparáveis.

Ex: Ser movido é predicado de muitos.A cor negra se predica dos corvos e dos etíopes.

DA DIFERENÇA ENTRE GÊNERO E O ACIDENTE

1) O gênero é anterior a espécie,enquanto o acidente é posterior a estas,mesmo que sejam acidentes inseparáveis.

2) Os participantes do gênero participam igualmente,enquanto os que participam do acidente participam não igualmente,de modo que a participação dos acidentes aceita tensionamento e afrouxamento,mas não os que participam dos gêneros.

3) Os acidente subsistem primariamente nos indivíduos,enquanto o gênero,como também as espécies,é anterior as substancias individuais.

4)Os gêneros são predicados das coisas com relação ao o que uma coisa é,enquanto o acidente é predicado em relação ao como uma coisa é.

Vimos até aqui como o gênero difere da diferença,da espécie,do próprio e do acidente.Cabe agora definir o que há de comum e diferente entre os demais predicáveis.

Bibliografia

[1]  PAIVA, G. B. V. de . Tradução do texto grego de: PORPHYRIUS, Isagoge. Ed. Busse, 1887

[2] ARISTOTLE, & PACE, G. (1967). Aristotlelous Organon = Aristotelis Stagiritae peripateticorum principis organum : hoc est, libri omnes ad Logicam pertinentes, Graece et Latine. Frankfurt/Main, Minerva

[3] Authors/Porphyry/isagoge/parallel

http://www.logicmuseum.com/wiki/Authors/Porphyry/isagoge/parallel

Online, 19/01/2019 às 15:46

[4] Authors/Porphyry/isagoge/

http://www.logicmuseum.com/wiki/Authors/Porphyry/isagoge

Online, 29/01/2019 às 15:49 


POSTS RELACIONADOS 

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 1)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 2)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 3)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 4)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 5)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 6)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 7)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 8)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 9)

Resumo #10-Isagoge-Porfírio(Parte 10)

Anúncios

Resumo #9-Categorias(Categoriae vel Praedicamenta)-Aristóteles-Parte 7(Final)-O movimento/O ter

 

XIV-O movimento

Há seis espécies de movimento:

Geração;

Corrupção;

Aumento;

Diminuição;

Alteração;

Mudança de lugar;

Todos estes tipos de movimentos são distintos uns dos outros,com exceção da alteração.

Aparentemente, a alteração implica necessariamente os outros tipos de movimento.

Isso é falso, pois, uma afecção produz uma alteração num corpo sem necessariamente produzir aumento,diminuição,ou o que quer que seja.

A mudança admite contrários

De modo geral, o contrário da mudança é a inércia.Porém,cada tipo de movimento comporta um contrário próprio.

A geração é contrária a corrupção,a diminuição ao aumento,e a mudança de lugar ao repouso.

XV-O ter

O verbo ter pode ser compreendido por diversos pontos de vista:

a) hábito, disposição e qualidade.

Ex:Ter um conhecimento ou virtude.

 

b) quantidade

Ex: Um homem tem uma certa altura.

 

c) Quanto ao que se diz a respeito do vestuário.

Ex:O homem tem um casaco.A mulher usa um colar.

 

d)Quanto ao que dizemos que temos como parte do nosso corpo.

Ex: O homem tem dois braços e duas pernas.

 

e)Quanto a possessão.

Ex: Um individuo tem um casa.

 

BIBLIOGRAFIA

ARISTOTELES. Organon, v. 1 (Trad. Pinharanda Gomes). 1ª edição.Lisboa:Guimarães editores LTDA,1985

"Aristotle/praedicamenta/boethius"
http://www.logicmuseum.com/wiki/Authors/Aristotle/praedicamenta/boethius
Online, 09/01/2019 às 21:46